×

Time "sem salário" é excluído de competição por não ter jogadores inscritos


Time

Uma reunião na tarde desta sexta-feira, na Federação Paraense de Futebol (FPF), decidiu pela exclusão do Pedreira da Segunda Divisão do estadual. Tentando ressurgir no cenário local mesmo com sérias dificuldades orçamentárias, o Gigante da Ilha não possuia nenhum jogador inscrito no torneio até esta sexta-feira, antevéspera do começo da competição. No início da semana o clube chamou a atenção ao confessar que não pagaria salários aos atletas, mas uma ajuda de custo baseada no resultado de cada partida.

Fernando Carioca, técnico e dirigente do Pedreira, já havia admito que clube passa por situação financeira difícil (Foto: Marcelo Seabra/O Liberal)Fernando Carioca, técnico e dirigente do Pedreira, já havia admito que clube passa por situação financeira difícil (Foto: Marcelo Seabra/O Liberal)

Fernando Carioca, técnico e dirigente do Pedreira, já havia admito que clube passa por situação financeira difícil (Foto: Marcelo Seabra/O Liberal)

Com a exclusão do time de Mosqueiro, os dois jogos da primeira rodada do Grupo A1, que aconteceriam neste domingo, foram cancelados. A mudança não afeta os Grupos A2 e A3, cujas partidas ocorrerão normalmente neste final de semana. De acordo com Maurício Bororó – presidente em exercício da FPF já que Aldelcio Torres está em viagem –, a decisão de excluir o Pedreira aconteceu em comum acordo com os demais clubes do Grupo A1.

– O clube teve seis meses para se organizar, mas até esta sexta-feira não tinha nenhum jogador inscrito no BID (Boletim Informativo Diário da CBF). Decidimos pela sua exclusão. Com isso, vamos cancelar os jogos da primeira rodada do Grupo A1. Essa decisão foi tomada em conjunto com representantes de Bragantino, Sport Belém, Tuna Luso e Vênus, que estavam presentes na reunião na Federação – detalhou Bororó.

Na próxima terça-feira, na sede da FPF, será realizado um sorteio com para definir a nova tabela do Grupo A1, que agora terá somente quatro clubes.

– Todas as equipes que enfrentariam o Pedreira irão ganhar três pontos. Mas teremos que sortear novamente a tabela porque, da forma como está, caso só excluíssemos o Pedreira alguns clubes fariam mais jogos em casa do que outros – explicou Maurício Bororó.

O Pedreira não disputa a Segunda Divisão do Campeonato Paraense desde 2011, quando foi eliminado na semifinal. No ano seguinte, chegou a se inscrever, mas desistiu da competição alegando problemas financeiros. Em entrevista ao GloboEsporte.com na última terça-feira Fernando Carioca, que é técnico e diretor do Gigante da Ilha, revelou que o clube vinha tendo dificuldade de angariar fundos para a competição e não pagaria salários aos jogadores, mas apenas uma ajuda de custo de no máximo R$ 200 por partida, dependendo do resultado do jogo.

Autor: ,postado em 14/10/2017


Comentários

Não há comentários para essa noticia

Mande uma Resposta