×

Nino reconhece dificuldade de enfrentar Juazeirense, mas afirma: “Aqui é Bahia”


 Nino reconhece dificuldade de enfrentar Juazeirense, mas afirma: “Aqui é Bahia”

O Bahia tem pela frente o Juazeirense em dois jogos da semifinal de Campeonato Baiano, o primeiro deles neste fim de semana, no Adauto Moraes, em Juazeiro. No embate da primeira fase, o Tricolor teve muita dificuldade e só conseguiu o triunfo nos minutos finais, com um gol surgido a partir de uma cobrança de lateral de Léo.

O encontro entre as equipes, além da própria campanha do Juazeirense, com apenas duas derrotas, dá uma mostra da dificuldade que a equipe de Guto Ferreira deve encontrar nessas duas partidas decisivas. Além disso, o gramado do Adauto Moraes foi muito criticado pelos atletas tricolores.

O lateral Nino, escolhido para conceder entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, reconhece as dificuldades, mas acredita que o Bahia precisa passar por cima dos problemas.

- A gente sabe [da dificuldade], a gente jogou lá. É muito difícil o campo. Mas aqui é Bahia. A gente tem que chegar lá e mostrar nosso futebol. Fazer um grande resultado lá para trazer o resultado para cá – afirmou.

Disputando posição com João Pedro, Nino foi titular contra o Náutico, no último fim de semana, quando a equipe foi derrotada por 1 a 0. Apesar do resultado, o lateral foi bem e acredita estar evoluindo, sobretudo fisicamente.

- Está chegando em um momento muito bom, nosso grupo está se entrosando cada vez mais, os jogadores sabendo onde cada um está. Estou em um momento crescente, chegando em minha parte física muito bem – disse Nino.

Confira outros trechos da coletiva de Nino

Revés para o Náutico
- A gente sabia que ia ser um jogo difícil. A gente tomou o gol no começo, depois correr atrás é muito difícil. No segundo tempo, tivemos várias oportunidades, mas não aproveitamos. E eles, numa oportunidade que tiveram, souberam aproveitar.

Sequência no Nordestão
- A gente sabe que esses dois últimos jogos que faltam, a gente tem que ganhar e tentar buscar a liderança. Serão dois jogos difíceis, mas temos tudo chegar na liderança.

Semana cheia
- É muito bom ter a semana cheia, porque o Guto trabalha o que precisa para esse jogo, para a gente ir lá e trazer um bom resultado para passar para final.

Autor: ,postado em 13/03/2018


Comentários

Não há comentários para essa noticia

Mande uma Resposta