×

Com reforços, Mancini monta times e ensaia o Vitória para retorno do Brasileirão


Com reforços, Mancini monta times e ensaia o Vitória para retorno do Brasileirão

Entre chegadas e partidas, o Vitória que vai voltar a campo no retorno do Campeonato Brasileiro começa a ter uma cara. Já contando com os reforços recém-contratados - João Gabriel, Marcelo Melí, Marcelo Benítez, Arouca e Bruno Gomes -, o técnico Vagner Mancini promoveu um treino coletivo na manhã desta quarta-feira e mostrou o que pensa para o Vitória no retorno do Brasileirão, diante do Paraná, no dia 18 deste mês.

No trabalho tático, o treinador rubro-negro montou os seguintes times:

Time cinza: Elias; Jeferson, Aderllan, Bruno Bispo e Bryan; Arouca, Fillipe Soutto, Lucas Fernandes e Erick; Guilherme e André Lima.

Time verde: Ronaldo; Cedric, Kanu, Ruan e Marcelo Benítez; Lucas, Marcelo Meli, Ramon e Yago; Neilton e Bruno Gomes.

A equipe cinza é a mesma que tem treinado junta nos últimos dias. A definição do time deve ter levado em consideração os jogadores que vão estar disponíveis no retorno do Brasileirão, já que Neilton e Yago, por exemplo, estão suspensos e não vão poder pegar o Paraná. O atacante Wallyson segue em processo de transição para o campo e tem presença incerta no jogo. Também resta a dúvida quanto à regularização dos reforços. Como a janela de transferência internacional só abre no dia 16 deste mês, o Vitória corre contra o tempo para ter o grupo à disposição.

No treino, Mancini deu atenção à saída de bola e à construção das jogadas. Em um dos momentos, o treinador orientou o time a roubar a bola e fazer o passe na diagonal na transição ofensiva. Com muita velocidade, o atacante Erick deu muito trabalho para o time verde e foi um dos destaques da atividade. O treinador também orientou a marcação alta das equipes. Por conta disso, muitos gols das atividade surgiram em roubadas de bola próximas à àrea.

As equipes tiveram estrutura parecida, com os dois volantes alinhados, dois jogadores abertos nos extremos e um atacante com liberdade para se mover por todo o campo. De um lado, Neilton fazia esse papel, no outro, Guilherme era o responsável por essa função.

Autor: ,postado em 01/07/2018


Comentários

Não há comentários para essa noticia

Mande uma Resposta