×

Natura inaugura novo conceito de loja no Nordeste


Natura inaugura novo conceito de loja no Nordeste

A Natura inaugurou, na última sexta-feira (10), um novo conceito de loja, que valoriza a experiência do consumidor e permite maior interação com os produtos e com a história da marca. O novo conceito de loja também é mais uma expressão do novo posicionamento da marca, “O Mundo É Mais Bonito Com Você.”

Desenvolvido em parceria com a Metro Arquitetos, o projeto trouxe como inspiração os elementos da arquitetura modernista brasileira, as curvas dos jardins de Burle Marx e materiais que ao mesmo tempo reforçam o compromisso da Natura com a sustentabilidade e a inspiração na própria natureza.
 Situada no Shopping Barra, em Salvador, a nova loja também marca a chegada das lojas próprias da Natura ao Nordeste, mercado-chave para a expansão nacional da empresa.
 A abertura na capital da Bahia faz parte do plano de expansão multicanal da Natura, com maisaberturas previstas para o segundo trimestre do ano em diferentes Estados. As lojas próprias da Natura têm papel complementar ao da venda direta, principal canal da empresa, e também proporcionam experiência cada vez mais integrada ao mundo digital.
 “No ano em que completamos 50 anos de história, optamos por lançar um novo conceito de loja, com inovações importantes na comunicação, tornando mais  claros os nossos compromissos e causas para o consumidor, que busca uma experiência de compra cada vez mais prazerosa e complementar aos demais canais de venda, como a Venda por Relações e o e-commerce”, afirma Paula Andrade, diretora de Varejo da Natura.
 A valorização de toda a jornada do consumidor foi o ponto de partida para o novo conceito, com a tecnologia a serviço da experiência do consumidor, que poderá vivenciar uma experiência virtual de Ekos, conectando-se às comunidades extrativistas da Natura com um óculos de realidade virtual, experimentar vários looks num Espelho virtual para maquiagem e fazer uma avaliação exclusiva de diagnóstico de pele para indicação da melhor solução de hidratação. Para facilitar a experiência do pagamento, ele também poderá ser feito por sistema mobile, que prescinde de caixa, trazendo uma experiência de compra mais dinâmica e fluída.
O novo conceito de loja também busca reforçar o convite da marca para a construção de um mundo mais bonito, com um ponto para logística reversa. Ali, o consumidor poderá retornar a embalagem de qualquer produto cosmético já utilizado, que será transformado em novos frascos de produto. Atualmente, por meio do uso de plástico reciclado em embalagens de linhas como Ekos e Sève, a Natura já evita que o equivalente a 9 milhões de garrafas PET sejam descartadas no meio ambiente anualmente.
A marca também segmentou a loja em três ilhas principais, que permitem maior experimentação de produtos e conhecimento dos ingredientes da biodiversidade por trás dos produtos icônicos da Natura. A primeira ilha, com produtos de cuidados pessoais, traz a linha Ekos, que é 100% vegana e conta com mais de 90% de ingredientes naturais, ao priorizar o uso de ativos da biodiversidade amazônica.
A Casa de Perfumaria do Brasil, que traz as fragrâncias exclusivas da Natura, com ingredientes da biodiversidade brasileira, álcool orgânico e vidro reciclado, ocupa outra ilha central no novo conceito. E, para finalizar, a nova loja dispõe de uma estação de serviços de cuidados com o rosto e maquiagem, com todo o portfolio de Chronos disponível, além dos produtos de maquiagem que realçam as identidades e a beleza de cada um.
“Usamos materiais em seu estado natural e formas orgânicas para criar um ambiente que apela a todos os sentidos, equilibrando exposição de produtos com informação e experiência”, afirma Martin Corullon, sócio do Metro Arquitetos.
Essa é a 38ª loja própria da Natura no Brasil, já presente em dez Estados.  Além disso, a Natura conta também com nove lojas no exterior, em Paris, Nova York, Buenos Aires e Santiago.


Autor postado em 14/05/2019


Comentários

NŃo hß comentßrios para esse Artigo!

Mande uma Resposta

Arquivos

  • Junho de 2019
  • Maio de 2019
  • Abril de 2019
  • Mar´┐Żo de 2019
  • Fevereiro de 2019
  • Janeiro de 2019
  • Dezembro de 2018
  • Novembro de 2018
  • Outubro de 2018
  • Setembro de 2018
  • Agosto de 2018
  • Julho de 2018
  • Junho de 2018
  • Maio de 2018
  • Abril de 2018
  • Mar´┐Żo de 2018
  • Fevereiro de 2018
  • Janeiro de 2018
  • Dezembro de 2017
  • Novembro de 2017
  • Outubro de 2017
  • Setembro de 2017
  • Agosto de 2017
  • Julho de 2017
  • Junho de 2017
  • Maio de 2017
  • Abril de 2017
  • Mar´┐Żo de 2017
  • Fevereiro de 2017
  • Janeiro de 2017
  • Dezembro de 2016
  • Novembro de 2016
  • Outubro de 2016
  • Setembro de 2016
  • Agosto de 2016
  • Julho de 2016
  • Junho de 2016
  • Maio de 2016
  • Abril de 2016
  • Mar´┐Żo de 2016
  • Fevereiro de 2016
  • Janeiro de 2016
  • Dezembro de 2015
  • Novembro de 2015
  • Outubro de 2015
  • Setembro de 2015
  • Agosto de 2015
  • Julho de 2015
  • Junho de 2015
  • Maio de 2015
  • Abril de 2015
  • Mar´┐Żo de 2015
  • Fevereiro de 2015
  • Janeiro de 2015
  • Dezembro de 2014
  • Novembro de 2014
  • Outubro de 2014
  • Setembro de 2014
  • Agosto de 2014
  • Julho de 2014
  • Junho de 2014
  • Maio de 2014
  • Abril de 2014
  • Mar´┐Żo de 2014
  • Fevereiro de 2014
  • Janeiro de 2014
  • Dezembro de 2013
  • Novembro de 2013
  • Outubro de 2013
  • Setembro de 2013
  • Agosto de 2013
  • Julho de 2013
  • Junho de 2013
  • Maio de 2013
  • Abril de 2013
  • Mar´┐Żo de 2013
  • Fevereiro de 2013
  • Janeiro de 2013
  • Dezembro de 2012
  • Novembro de 2012
  • Outubro de 2012
  • Setembro de 2012
  • Agosto de 2012
  • Julho de 2012
  • Junho de 2012
  • Maio de 2012
  • Abril de 2012
  • Mar´┐Żo de 2012
  • Fevereiro de 2012
  • Dezembro de 2011
  • Novembro de 2011
  • Outubro de 2011
  • Setembro de 2011
  • Agosto de 2011
  • Julho de 2011
  • Junho de 2011
  • Maio de 2011
  • Abril de 2011
  • Mar´┐Żo de 2011
  • Fevereiro de 2011
  • Janeiro de 2011
  • Dezembro de 2010
  • Novembro de 2010
  • Setembro de 2010
  • Abril de 2010
  • Janeiro de 2006
  • Dezembro de 0
  • Publicidade