×

TABAGISMO E TUBERCULOSE


TABAGISMO E TUBERCULOSE

O tabagismo causa 6 milhões de mortes no mundo a cada ano e é um fator de risco para doenças de alta mortalidade, como a tuberculose pulmonar. Fumantes têm uma probabilidade 20% maior de desenvolver tuberculose (TB), condição que contribui para o surgimento de uma média anual de 450 mil casos e um milhão de óbitos por ano. Os dados fazem parte de um estudo desenvolvido no Centro de Pesquisa e Ensino da Fundação José Silveira, com a conclusão de que pacientes com antecedentes de tabagismo têm 2,1 vezes mais chance de fracasso no tratamento da tuberculose. A passagem do Dia Nacional de Combate ao Fumo nessa quinta-feira (29) reafirma a importância de alertar sobre os efeitos nocivos desse hábito.  
 
O professor José Silveira atuou como uma das principais lideranças nacionais na luta contra o tabagismo, desenvolvendo campanhas e medidas de apoio para cessar o hábito de fumar. Essa iniciativa implementada há décadas na Fundação José Silveira é um dos pontos destacados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) no Relatório sobre a Epidemia Global do Tabaco 2019. O Relatório enfatiza a importância de medidas adotadas em países como o Brasil para menor prevalência de fumantes e doenças associadas ao fumo.
 
Sequelas e danos
 
Reforçando o combate ao tabagismo, o estudo do Centro de Pesquisa da FJS analisou a associação do consumo de tabaco com a falha no tratamento da tuberculose pulmonar. Foram estudados pacientes atendidos no IBIT, unidade cem por cento SUS da Fundação José Silveira considerada referência nacional no tratamento da doença, comparando os que fumaram e os que não tinham esse hábito. “A análise demonstrou que o tabagismo também está relacionado a formas graves em termos de sequelas e resultados negativos durante o tratamento antituberculose, como recaída e morte” relata um dos pesquisadores envolvidos nesse trabalho e integrante da equipe da FJS, Dr. Eduardo Martins Netto. 
 
A pesquisa aponta a necessidade de estratégias que promovam a diminuição do consumo de fumo e maior cuidado dos pacientes em faixas etárias mais avançadas. Os dados coletados também indicaram que a idade influencia na cura da doença: indivíduos com mais de 50 anos de idade tiveram uma possibilidade de fracasso 2,8 vezes maior.
 
“Existem poucos estudos voltados para esse tipo de resultado negativo, quando chegamos a conclusão de que o tabagismo duplica o risco de insucesso no tratamento da tuberculose pulmonar”, diz Dr. Eduardo O resultado dessa investigação científica, realizada por Dr. Eduardo, junto com os pesquisadores Juan Pablo Aguilar, María Arriaga e Monica Ninet Rodas, foi apresentado em artigo científico publicado na última edição do Jornal da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia.

 
 
 

Autor postado em 28/08/2019


Comentários

NŃo hß comentßrios para esse Artigo!

Mande uma Resposta

Arquivos

  • Novembro de 2019
  • Outubro de 2019
  • Setembro de 2019
  • Agosto de 2019
  • Julho de 2019
  • Junho de 2019
  • Maio de 2019
  • Abril de 2019
  • Mar´┐Żo de 2019
  • Fevereiro de 2019
  • Janeiro de 2019
  • Dezembro de 2018
  • Novembro de 2018
  • Outubro de 2018
  • Setembro de 2018
  • Agosto de 2018
  • Julho de 2018
  • Junho de 2018
  • Maio de 2018
  • Abril de 2018
  • Mar´┐Żo de 2018
  • Fevereiro de 2018
  • Janeiro de 2018
  • Dezembro de 2017
  • Novembro de 2017
  • Outubro de 2017
  • Setembro de 2017
  • Agosto de 2017
  • Julho de 2017
  • Junho de 2017
  • Maio de 2017
  • Abril de 2017
  • Mar´┐Żo de 2017
  • Fevereiro de 2017
  • Janeiro de 2017
  • Dezembro de 2016
  • Novembro de 2016
  • Outubro de 2016
  • Setembro de 2016
  • Agosto de 2016
  • Julho de 2016
  • Junho de 2016
  • Maio de 2016
  • Abril de 2016
  • Mar´┐Żo de 2016
  • Fevereiro de 2016
  • Janeiro de 2016
  • Dezembro de 2015
  • Novembro de 2015
  • Outubro de 2015
  • Setembro de 2015
  • Agosto de 2015
  • Julho de 2015
  • Junho de 2015
  • Maio de 2015
  • Abril de 2015
  • Mar´┐Żo de 2015
  • Fevereiro de 2015
  • Janeiro de 2015
  • Dezembro de 2014
  • Novembro de 2014
  • Outubro de 2014
  • Setembro de 2014
  • Agosto de 2014
  • Julho de 2014
  • Junho de 2014
  • Maio de 2014
  • Abril de 2014
  • Mar´┐Żo de 2014
  • Fevereiro de 2014
  • Janeiro de 2014
  • Dezembro de 2013
  • Novembro de 2013
  • Outubro de 2013
  • Setembro de 2013
  • Agosto de 2013
  • Julho de 2013
  • Junho de 2013
  • Maio de 2013
  • Abril de 2013
  • Mar´┐Żo de 2013
  • Fevereiro de 2013
  • Janeiro de 2013
  • Dezembro de 2012
  • Novembro de 2012
  • Outubro de 2012
  • Setembro de 2012
  • Agosto de 2012
  • Julho de 2012
  • Junho de 2012
  • Maio de 2012
  • Abril de 2012
  • Mar´┐Żo de 2012
  • Fevereiro de 2012
  • Dezembro de 2011
  • Novembro de 2011
  • Outubro de 2011
  • Setembro de 2011
  • Agosto de 2011
  • Julho de 2011
  • Junho de 2011
  • Maio de 2011
  • Abril de 2011
  • Mar´┐Żo de 2011
  • Fevereiro de 2011
  • Janeiro de 2011
  • Dezembro de 2010
  • Novembro de 2010
  • Setembro de 2010
  • Abril de 2010
  • Janeiro de 2006
  • Dezembro de 0
  • Publicidade