×

Profissionais de saúde são maiores vítimas da Covid-19


Profissionais de saúde são maiores vítimas da Covid-19

A pandemia da Covid-19 tem afetado bastante os profissionais de saúde ao redor do mundo. Na Bahia, o técnico de enfermagem Antônio César Ferreira Pitta de Jesus, 48 anos, foi umas das três vítimas fatais da doença. Funcionário das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), o rapaz estava internado, desde segunda-feira (20), no Hospital Couto Maia, em Salvador, unidade de referência para tratamento da covid-19.

A morte de Antônio César foi confirmada no final da manhã de ontem, pela assessoria de comunicação da Osid. Ele morava no Nordeste de Amaralina e, segundo informou a nota enviada para imprensa, estava afastado das atividades desde o dia 15 de abril, quando apresentou febre e tosse. A instituição lamentou a morte do funcionário. “Antônio deixa uma filha e muitas saudades. Parte sob os aplausos e a gratidão de toda sua família das Obras Sociais Irmã Dulce!”.

Vale lembrar que no último domingo (19), o Hospital Santo Antônio (HSA), com apoio da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), iniciou a transferência de pacientes internados que possuem casos confirmados do novo coronavírus e, ainda, quem tem mais de 60 anos.

A subsecretária estadual da Saúde Tereza Paim, destaca que o Governo do Estado está ofertando toda a assessoria necessária para a Osid. “Em um planejamento conjunto, estamos ofertando vagas tanto na rede própria quanto no centro de acolhimento montado no Rio Vermelho para dar o tratamento a esses pacientes, até que todas as providências sejam efetuadas pela entidade”, garantiu.

De acordo com o boletim da secretaria, 64 funcionários da unidade de saúde foram diagnosticados com a covid-19 e outros 30 pacientes, até aquele momento, também já tinham a doença. As informações são que dois deles morreram.

Segundo o Secretário da Saúde do Estado da Bahia Fábio Vilas-Boas, no HSA, serão feitos uma série de procedimentos de limpeza e assepsia.

“Além disso, foi reduzido em 50% o número de pacientes internados no hospital, para garantir o distanciamento. Determinamos que fosse implantado um sistema de exaustão e renovação de ar nas enfermarias, onde serão custeados pelo governo do estado, estamos, ainda, testando todos os funcionários e pacientes que estavam internados na unidade”, disse Fábio Vilas-Boas.

PREVENÇÃO

O coordenador do Núcleo de Epidemiologia e Vigilância em Saúde da Fiocruz Brasília (NEVS) Claudio Maierovitch, enfatizou a importância do cuidado com o profissional de saúde para que os serviços de saúde continuem funcionando, visto que, na medida em que esses profissionais adoeçam, o atendimento pode ser comprometido pela redução do quadro e por questões de biossegurança.

Em relação aos cuidados de rotina, o especialista diz que a proteção deve ser proporcional ao risco. “Em casos de pacientes com sintomas respiratórios, sendo coronavírus ou outro vírus transmissível, a adoção do uso de máscaras, protetores para os olhos e faciais são recomendados no atendimento direto. Evitar o contato com pessoas que tenham a suspeita da doença também é indicado, nas demais situações”, explica.

Além dos cuidados com a higiene, como lavar as mãos adequadamente, o pesquisador destacou outras iniciativas para evitar o contágio, como a adoção de cumprimentos alternativos ao tradicional aperto de mãos, o não compartilhamento de itens pessoais, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar. Para o pesquisador, o isolamento voluntário a partir da identificação de sintomas característicos da doença é também uma medida de prevenção importante.



Autor postado em 24/04/2020


Comentários

Não há comentários para esse Artigo!

Mande uma Resposta

Arquivos

  • Abril de 2020
  • Mar�o de 2020
  • Fevereiro de 2020
  • Janeiro de 2020
  • Dezembro de 2019
  • Novembro de 2019
  • Outubro de 2019
  • Setembro de 2019
  • Agosto de 2019
  • Julho de 2019
  • Junho de 2019
  • Maio de 2019
  • Abril de 2019
  • Mar�o de 2019
  • Fevereiro de 2019
  • Janeiro de 2019
  • Dezembro de 2018
  • Novembro de 2018
  • Outubro de 2018
  • Setembro de 2018
  • Agosto de 2018
  • Julho de 2018
  • Junho de 2018
  • Maio de 2018
  • Abril de 2018
  • Mar�o de 2018
  • Fevereiro de 2018
  • Janeiro de 2018
  • Dezembro de 2017
  • Novembro de 2017
  • Outubro de 2017
  • Setembro de 2017
  • Agosto de 2017
  • Julho de 2017
  • Junho de 2017
  • Maio de 2017
  • Abril de 2017
  • Mar�o de 2017
  • Fevereiro de 2017
  • Janeiro de 2017
  • Dezembro de 2016
  • Novembro de 2016
  • Outubro de 2016
  • Setembro de 2016
  • Agosto de 2016
  • Julho de 2016
  • Junho de 2016
  • Maio de 2016
  • Abril de 2016
  • Mar�o de 2016
  • Fevereiro de 2016
  • Janeiro de 2016
  • Dezembro de 2015
  • Novembro de 2015
  • Outubro de 2015
  • Setembro de 2015
  • Agosto de 2015
  • Julho de 2015
  • Junho de 2015
  • Maio de 2015
  • Abril de 2015
  • Mar�o de 2015
  • Fevereiro de 2015
  • Janeiro de 2015
  • Dezembro de 2014
  • Novembro de 2014
  • Outubro de 2014
  • Setembro de 2014
  • Agosto de 2014
  • Julho de 2014
  • Junho de 2014
  • Maio de 2014
  • Abril de 2014
  • Mar�o de 2014
  • Fevereiro de 2014
  • Janeiro de 2014
  • Dezembro de 2013
  • Novembro de 2013
  • Outubro de 2013
  • Setembro de 2013
  • Agosto de 2013
  • Julho de 2013
  • Junho de 2013
  • Maio de 2013
  • Abril de 2013
  • Mar�o de 2013
  • Fevereiro de 2013
  • Janeiro de 2013
  • Dezembro de 2012
  • Novembro de 2012
  • Outubro de 2012
  • Setembro de 2012
  • Agosto de 2012
  • Julho de 2012
  • Junho de 2012
  • Maio de 2012
  • Abril de 2012
  • Mar�o de 2012
  • Fevereiro de 2012
  • Dezembro de 2011
  • Novembro de 2011
  • Outubro de 2011
  • Setembro de 2011
  • Agosto de 2011
  • Julho de 2011
  • Junho de 2011
  • Maio de 2011
  • Abril de 2011
  • Mar�o de 2011
  • Fevereiro de 2011
  • Janeiro de 2011
  • Dezembro de 2010
  • Novembro de 2010
  • Setembro de 2010
  • Abril de 2010
  • Janeiro de 2006
  • Dezembro de 0
  • Publicidade