×

Com rival em má fase, Élber rechaça facilidade no clássico: “De jeito nenhum”


Com rival em má fase, Élber rechaça facilidade no clássico: “De jeito nenhum”

A fase do Vitória não é nada boa. Há três jogos sem vencer, a equipe entrou na zona do rebaixamento na última segunda, com o triunfo do Sport sobre o Ceará. Para piorar a situação, o técnico Paulo Cézar Carpegiani foi demitido no início da tarde desta terça, isso tudo às vésperas do clássico com o Bahia, que será disputado no domingo.

O cenário, de fato, é ruim. Mas será que o Bahia terá a vida facilitada pelo momento do maior rival? Élber rechaça essa possibilidade. Em entrevista coletiva, o atacante reafirmou aquela máxima que diz que clássico é decidido nos detalhes.

- De jeito nenhum [sobre facilitar]. Será um grande jogo, sabemos do momento deles, mas, em clássico, tudo pode mudar. Clássico é decidido em detalhes, ainda mais atuando na casa deles. Nosso time vai entrar lá para fazer um grande jogo. Esperamos que eles possam seguir nesse momento ruim, e a gente crescendo – afirmou.

- Eu acho que, eles vivendo uma pressão pelo momento delicado, segurar os primeiros 20 minutos para aumentar o nervosismo deles. Eles precisam do resultado, e nós precisamos fazer nosso jogo. Não deixar de usar laterais, criar jogadas e fazer um bom jogo. Estar concentrado para fazer grandes escolhas - completou.

O retrospecto recente do Bahia em clássicos também anima o seu torcedor. São nove Ba-Vi's sem saber o que é derrota, com a conquista do Campeonato Baiano no primeiro semestre e uma goleada por 4 a 1 no Leão em jogo válido pelo primeiro turno do Brasileirão.

Ainda assim, Élber mantém a cautela e diz que é importante não se apegar ao tabu.

- Tabu de nove jogos. Mas a gente não pode se apegar a essa questão. Espero seguir sem perder para o rival, mas sem pensar nisso ou que terá facilidade. No último jogo, não tínhamos vencido a Chapecoense e quebramos tabu. Não pode entrar relaxado, pensando nos números. Começar assim já será um erro. Tomara que essa sequência positiva possa continuar – disse.

Vitória e Bahia fazem o clássico Ba-Vi neste domingo, às 16h (horário de Brasília), no Barradão.

Confira outros trechos da coletiva de Élber.

Nos detalhes
- A gente, jogador, precisa estar preparado sempre para qualquer jogo. Clássico exige mais concentração, treino e dedicação. Ele é sempre decidido em pequenos detalhes. Precisamos estar aptos para realizar uma grande partida, e quem sabe colocar o Bahia mais acima na tabela.

Recepção da torcida do Vitória no Barradão
- Sempre difícil, não é? É um caminho apertado, que nos obriga a passar pela torcida, independente dos policiais. Você nunca sabe de onde estão saindo os objetos. Estar preparados para tudo, de fora ou dentro de campo. Da última vez que estivemos lá, nós saímos com triunfo e título. Esperamos sair de lá outra vez com o resultado positivo.

Marcelo Ramos
- Eu lembro muito pouco. Sei que é um grande atacante, fez muitos gols por onde passou. Eu conversei com ele um pouco lá no Cruzeiro, é um cara que pode ser espelho para nós atacantes, sendo ídolo no Cruzeiro e no Bahia. Ter frieza e calma ele.

Autor: ,postado em 07/11/2018


Comentários

Não há comentários para essa noticia

Mande uma Resposta

Publicidade