×

Brasileiro Hugo Calderano sobe três posições e se torna o número 6 do mundo


Brasileiro Hugo Calderano sobe três posições e se torna o número 6 do mundo

O brasileiro Hugo Calderano alcançou na noite deste domingo a sua melhor marca no ranking mundial da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF). Ele se tornou é o sexto melhor jogador do mundo, batendo seu próprio recorde de melhor colocação de um latino-americano na história, que era o nono lugar obtido no mês passado.

Hugo Calderano tem agora 13.190 pontos e está muito próximo do top 5 da ITTF. O quinto colocado, no momento, é o japonês Tomokazu Harimoto, que tem 13.860. A liderança segue com o chinês Fan Zhendong, com 17.751 pontos, seguido do compatriota Xu Xin, que tem 15.835.

A atual temporada representou uma grande evolução da carreira de Calderano, que iniciou a temporada em 17º lugar. Após ter sido vice-campeão do Aberto do Catar, semifinalista no Aberto da Hungria e figurado entre os oito melhores nos Abertos da Coreia do Sul e da Áustria, além de ter participado das históricas campanhas do Brasil no Mundial e na Copa do Mundo por Equipes (com a seleção entre as oito melhores do mundo), ele teve uma subida progressiva no ranking.

O brasileiro foi um dos indicados ao prêmio de melhor mesatenista da temporada pela ITTF. O resultado será divulgado no dia 12, em Incheon, na Coreia do Sul, onde Calderano também participa das finais do Circuito Mundial.

- É muito importante conseguir esses resultados expressivos internacionalmente, porque a gente tem que colocar o Brasil no mapa do tênis de mesa mundial. Hoje, todo mundo com certeza me conhece. Quando você entra no Top-10, e agora como número 6, todo mundo sabe que eu sou um jogador muito forte, tenho um grande potencial. Mas não só eu, todos os jogadores da Seleção, todo mundo já viu o que somos capazes de fazer - disse Calderano, que conquistou o Campeonato Brasileiro neste domingo, em Concórdia (SC).

Os demais atletas da seleção brasileira também subiram no novo ranking. Gustavo Tsuboi saltou seis posições e está em 43º. Eric Jouti voltou a figurar no Top-100, agora em 81º lugar. Thiago Monteiro está em 105º, sua segunda melhor posição no ano. Vitor Ishiy é outro que se aproxima do Top-100, na 116ªcolocação. Humberto Manhani subiu mais de 400 posições, pulando para a 277ª posição.

Entre as meninas, Bruna Takahashi segue sendo a melhor brasileira, mas continua ocupando a 73ª colocação dos dois meses anteriores. Lin Gui, que conquistou o título brasileiro feminino neste domingo, ficou uma posição atrás do Top-100. Jessica Yamada foi a que teve o maior salto no ranking feminino, entrando no Top-200, na 189ª colocação. A chinesa Zhu Yuling é a líder da lista feminina.

  •  

Autor: ,postado em 03/12/2018


Comentários

Não há comentários para essa noticia

Mande uma Resposta

Publicidade