×

SelešŃo baiana se prepara para o brasileiro de Karatŕ


SelešŃo baiana se prepara para o brasileiro de Karatŕ

Atletas da Federação Baiana de Karatê Interestilos se preparam para a primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Karatê Esportivo, que será realizado em Parauapebas/PA, de 17 a 19 de maio, sendo o evento de abertura do ranking nacional da Confederação Esportiva e Educacional Brasileira de Karatê (CEEBK). 

Cerca de 15 atletas irão representar a Bahia nessa primeira etapa que serve como mais uma seletiva para a classificação dos atletas que representarão o Brasil no Campeonato Mundial da categoria que acontece em Fortaleza/CE em outubro deste ano.

Em visita a sede da Federação Baiana de Karatê Interstilos (FBKI), a equipe de reportagem da Tribuna da Bahia, bateu um papo com a equipe de kata (junção dos movimentos) e kumitê (luta), que já está classificada para o Mundial após se sagrarem campeões no Pan-americano disputado em julho de 2018 em João Pessoa/PB.

A equipe é composta pelos atletas Marcos William, 21 anos, Cléber Pinho, 33 anos e Milton Oliveira 29 anos, e tem como técnico o presidente da entidade Lindolfo Barbosa, 60 anos.

Um dos atletas mais experientes da federação e da equipe Cléber Pinho, contou como está à expectativa e sobre a preparação para esse importante momento de sua carreira.

“A expectativa que possamos apresentar o que estamos treinando, ano passado treinamos bem pouco, este ano começamos diferente se preparando individualmente em relação ao condicionamento físico e em relação a equipe estamos mais focados por que estamos treinando desde janeiro. Acho que a depender dessa empolgação e deste incentivo que estamos desde janeiro, acho que teremos um resultado positivo, e se não vier o resultado positivo servira como aprendizado pois estamos ainda na primeira etapa”. Contou Cléber.

Ainda falando da expectativa o mais jovem equipe e um dos atletas da federação que estão no top 5 do ranking nacional, Marcos William, frisou a importância dos treinamentos.

“Acho que nossa expectativa mesmo treinando só uma vez na semana, vejo que temos muita oportunidade de trazer uma boa colocação como fizemos nos outros, hoje fazemos por merecer a gente treina se esforça para buscar o melhor resultado possível”, pontuou William.

O Atleta Milton Oliveira falou sobre a consolidação que a equipe vem tendo nas competições.

“A gente já vem se consolidando no primeiro lugar do pódio, já repetimos algumas vezes o título de campeão brasileiro, no ano passado fomos a equipe campeão Pan-Americana e esse título nós garantiu ser a equipe representante do Brasil no mundial desse ano. Isso gera uma expectativa de bons resultados em todos nós da equipe e do nosso técnico”. Falou Milton.

O técnico da equipe o professor Lindolfo Barbosa, ainda comentou a responsabilidade que eles têm em se manter no pódio para se sacramentarem como a equipe titular do Brasil no Mundial.

“A equipe já é campeã, mais esse ano para o mundial tem que subir no pódio, porque se não ganharem nada nas duas etapas do brasileiro é possível que possam ficar de fora, a equipe tem a obrigação de ganhar as duas etapas para consolidar que a equipe representante vai ser da Bahia”, comentou Lindolfo.

REFERÊNCIA

Hoje não só a equipe como alguns atletas da Bahia são referência no país quando o assunto é Karatê, os atletas foram questionados sobre de que forma eles vêem esse crescimento do estado na modalidade.

“Uma vez fui visitar uma competição de uma outra federação, e quando fui ao banheiro tinham três atletas e um deles me perguntou, ‘você é um dos componentes da equipe da Bahia que ganharam Brasileiro Pan-americano?’, eu falei sou, outro comentou ‘vocês estão dominando tudo, vejo nas redes sociais e só da vocês’, o outro disse ‘ Hoje na Bahia os caras são referências em kata’. Eles não são da mesma federação que a gente, por meio das redes sócias outras pessoas estão vendo, eu costumo dizer que contra fatos não há argumentos, e nossos resultados provam esse fatos” declarou Milton.

Já Marcos William, disse que esse reconhecimento não é só de fora do estado mais aqui também.

“Eu vejo que, não só essa referência pra atletas de fora, mais principalmente para atletas de nossa federação, por que se for olhar o ranking da categoria adulto da FBKI, os três foram premiados, tanto como no ranking da categoria adulto, como no geral”, disse William.

“O reconhecimento existe, devido principalmente a nossa federação, estamos a frente não só como equipe, mais também como atletas de alto potencial, acho que existe muita visibilidade aqui e fora de Salvador. Hoje quando estamos em uma competição fora do estado, outros atletas vem falar com a gente, antigamente isso não acontecia, nós conhecíamos eles mais não tínhamos essa aproximação, hoje é diferente eles vem até a gente, nos abraçam e sempre procuram saber se vamos montar equipe. Hoje além de ser referência acho que eles tem um pouco de receio de nos enfrentar, temos que manter pra ter esse respeito, que vamos ter muito mais êxito”. Comentou Cléber Pinho.

“Hoje eu acho que o mais complicado é a falta de valorização que não temos, seja pelo governo ou pelas empresas privadas, que não incentivam o nosso esporte, muitas vezes na minha vida tive que tirar do meu próprio bolso, isso que é o complicado, hoje nós temos um psicólogo que é o nosso treinador”. Completou Cléber.

VISIBILIDADE

A equipe foi questiona de que forma um título de campeão mundial ajuda a dar maior visibilidade a uma modalidade que não tem tanto destaque no cenário baiano.

“Eu acredito que sim, por que não estamos indo apenas atletas individuais, estamos indo como uma equipe de fato, para o brasileiro como a equipe baiana e para o mundial vamos representar o nosso país, seremos componentes da seleção brasileira de karatê”.  Disse Milton.

“Que eu lembre é a primeira vez que três atletas baianos vão representar o Brasil em um Mundial”, frisou Milton.

“Hoje nós estamos sendo bem vistos, eu lembro bem no último campeonato brasileiro em que fomos campões, na torcida do Rio de Janeiro, um torcedor falou ‘poxa os caras tão ganhando tudo’, então a gente vem em uma constância, isso gera mais responsabilidade sobre a gente”. Pontuou.

O técnico e psicólogo da equipe e da confederação, Lindolfo, falou sobre essa visibilidade que as redes sócias trazem para atletas que estão se destacando. 

“O atleta segue aquele que ta na mídia, as redes sociais são fundamental para vocês, no ano passado quando o atleta Marcos William postava algo eu não me sentia bem, por que ele estava ganhando mais não estava treinando, este ano estou mais feliz, ele esta ganhando e ta treinando”.

Ele ainda agradeceu a Tribuna por sempre está dando espaço para a divulgação do Karatê.

“Se tivéssemos mais veículos de comunicação como a Tribuna que sempre está nos veiculando em seus canais, nosso esporte teria muito mais visibilidade e apoio para atletas de alto rendimento, infelizmente isso não acontece”. Completou Lindolfo.

Os atletas da federação embarcam para a primeira etapa do Brasileiro na próxima terça-feira dia 14, onde iniciam mais uma nova jornada em busca de seus sonhos.


Autor: ,postado em 13/05/2019


Comentários

Não há comentários para essa notícia

Mande uma Resposta

Arquivos

  • Junho de 2019
  • Maio de 2019
  • Abril de 2019
  • Mar´┐Żo de 2019
  • Fevereiro de 2019
  • Janeiro de 2019
  • Dezembro de 2018
  • Novembro de 2018
  • Outubro de 2018
  • Setembro de 2018
  • Agosto de 2018
  • Julho de 2018
  • Junho de 2018
  • Maio de 2018
  • Abril de 2018
  • Mar´┐Żo de 2018
  • Fevereiro de 2018
  • Janeiro de 2018
  • Dezembro de 2017
  • Novembro de 2017
  • Outubro de 2017
  • Setembro de 2017
  • Agosto de 2017
  • Julho de 2017
  • Junho de 2017
  • Maio de 2017
  • Abril de 2017
  • Mar´┐Żo de 2017
  • Fevereiro de 2017
  • Janeiro de 2017
  • Dezembro de 2016
  • Novembro de 2016
  • Outubro de 2016
  • Setembro de 2016
  • Agosto de 2016
  • Julho de 2016
  • Junho de 2016
  • Maio de 2016
  • Abril de 2016
  • Mar´┐Żo de 2016
  • Fevereiro de 2016
  • Janeiro de 2016
  • Dezembro de 2015
  • Novembro de 2015
  • Outubro de 2015
  • Setembro de 2015
  • Agosto de 2015
  • Julho de 2015
  • Junho de 2015
  • Maio de 2015
  • Abril de 2015
  • Mar´┐Żo de 2015
  • Fevereiro de 2015
  • Janeiro de 2015
  • Dezembro de 2014
  • Novembro de 2014
  • Outubro de 2014
  • Setembro de 2014
  • Agosto de 2014
  • Julho de 2014
  • Junho de 2014
  • Maio de 2014
  • Abril de 2014
  • Mar´┐Żo de 2014
  • Fevereiro de 2014
  • Janeiro de 2014
  • Dezembro de 2013
  • Novembro de 2013
  • Outubro de 2013
  • Setembro de 2013
  • Agosto de 2013
  • Julho de 2013
  • Junho de 2013
  • Maio de 2013
  • Abril de 2013
  • Mar´┐Żo de 2013
  • Fevereiro de 2013
  • Janeiro de 2013
  • Dezembro de 2012
  • Novembro de 2012
  • Outubro de 2012
  • Setembro de 2012
  • Agosto de 2012
  • Julho de 2012
  • Junho de 2012
  • Maio de 2012
  • Abril de 2012
  • Mar´┐Żo de 2012
  • Fevereiro de 2012
  • Janeiro de 2012
  • Dezembro de 2011
  • Novembro de 2011
  • Outubro de 2011
  • Setembro de 2011
  • Maio de 2011
  • Mar´┐Żo de 2011
  • Agosto de 2010
  • Janeiro de 2006
  • Dezembro de 0
  • Publicidade