×

Loss vê evolução do Vitória, pênalti não marcado e analisa cargo,Sempre ameaçado


Loss vê evolução do Vitória, pênalti não marcado e analisa cargo,Sempre ameaçado

O retorno aos gramados após a pausa para a realização da Copa América não trouxe, pelo menos a princípio, uma sorte diferente para o Vitória. No Barradão, o Vitória foi derrotado por 1 a 0 pelo Cuiabá na noite desta terça-feira e continua afundado na última posição da Série B do Campeonato Brasileiro. Agora são sete jogos sem triunfos para o time baiano, que, mais uma vez, vacilou na defesa, criou pouco e não teve poder de reação para superar o adversário.



Na entrevista coletiva após o jogo, o técnico Osmar Loss viu melhora de desempenho do Vitória e reclamou do árbitro José Henrique de Azevedo Junior, que não marcou pênalti em Anselmo Ramon no início do jogo. O lance aconteceu aos 12 minutos, em disputa de bola com Escobar. Segundo o comentarista de arbitragem Paulo César Oliveira, o árbitro errou ao não marcar a falta.

- O torcedor sai chateado, nós saímos chateados. Melhoramos fisicamente e fomos contundentes no primeiro tempo. Tivemos um primeiro tempo muito bom, talvez se o árbitro desse o pênalti... É resultado. Se eu pudesse trocar tudo isso de melhora física, jogando mal para caramba, com o resultado, estaríamos aqui comemorando. Não estamos satisfeitos com o que está acontecendo. E nós temos que trabalhar para melhorar isso - disse o treinador.

- A gente tem certeza [que foi pênalti]. Hoje em dia, no futebol, sair na frente faz a diferença. Teríamos espaço para atacar. A equipe do Cuiabá fez 30 faltas. Os caras paravam todos os lances, chamamos a atenção da arbitragem. Deveríamos ter empurrado os caras para trás, usar o apoio do estádio. E o papo do vestiário foi melhorar o jogo pelos lados. Depois dos 30 minutos, jogamos muito por dentro. Mesmo com a entrada do Wesley, tentamos jogar em cima do Jonas com cartão, mas não conseguimos. Com saída de Gedoz, tentamos com dois centroavantes para empurrar o Cuiabá para trás - completou.

Há cinco jogos no Vitória, Osmar Loss ainda não venceu pelo novo clube: soma quatro derrotas e um empate. O treinador foi visto conversando com o presidente Paulo Carneiro após a partida e comentou sobre a possibilidade de ser demitido do cargo.

"Eu acho que o cargo do treinador está sempre ameaçado quando resultado não vem. A conversa com ele [Paulo Carneiro] foi de cobrança de coisas que poderiam ter sido feitas melhor. A busca nossa é para encontrar solução. Tivemos três contratações, pretendemos fazer mais duas ou três pelo menos. O treinador vive de resultado no Brasil", disse Loss.

No jogo desta noite, o técnico do Vitória promoveu a estreia dos três novos reforços do Vitória, todos como titular: Martín Rodríguez, Chiquinho e Baraka.

- Acho que o Baraka cumpriu o que estava proposto. Queríamos um cara com experiência, sabemos das características dele, não é o cara que vai pisar na área. E Chiquinho ainda está se adaptando, vinha jogando há muito tempo como meia, acho que poderia ter se apresentado mais ao ataque, jogador experiente. Acho que a sua atuação foi boa.

O Vitória volta a campo no dia 19 deste mês, quando enfrenta o Criciúma, no Barradão, às 21h30 (horário de Brasília). Lanterna da Série B, o Rubro-Negro tem quatro pontos - está a cinco do primeiro clube fora do Z-4 e a 12 pontos do primeiro time do G-4.

Confira outros trechos da entrevista de Osmar Loss

Treinos fechados
- Só deixar muito claro que os treinos fechados foram por conta da Copa América. A gente não está se escondendo. É para deixar o maior tempo possível aberto. Ninguém está brincando, todo mundo trabalha com seriedade.

Finalizações erradas
- Esse dado de que o goleiro adversário não fez defesa é verdade, mas quantas vezes os caras se atiraram na bola? No primeiro tempo, tem uma boa cruzada que o cara tira. As situações de risco ocorreram. Tem que ser mais. Defensivamente, controlamos bem o adversário, nem quando colocamos dois centroavantes [sofremos]. Finalizamos muito, mas para fora e com chutes bloqueados. Tivemos 20 finalizações, e não é pouco.

Problemas na defesa
- Nós sabíamos dessa característica do Cuiabá, que é um time alto. Mudamos algumas situações no bloqueio defensivo. Com a bola em movimento a defesa esteve bem. Todas as oportunidades do Cuiabá foram em bola parada. Não conseguimos controlar, tivemos duas situações que poderíamos ter coibido, situações que procuramos trabalhar para que não aconteçam e infelizmente aconteceram.

Gedoz pediu para sair?
- Gedoz pediu para sair, se desgastou. Sabíamos que corríamos esse risco nesse jogo. Foi uma necessidade dele, que estava com as pernas pesadas.

Marciel
- Ainda está abaixo do que pode render, sabe que está abaixo, precisa melhorar ritmo, pisar mais à frente. É um jogador que não se omite. Hoje, no nosso elenco, temos ele e o Baraka; Léo Gomes estava lesionado. Temos que dar apoio e fazer com que ele evolua.

Autor: ,postado em 10/07/2019


Comentários

Não há comentários para essa notícia

Mande uma Resposta

Arquivos

  • Junho de 2019
  • Maio de 2019
  • Abril de 2019
  • Mar�o de 2019
  • Fevereiro de 2019
  • Janeiro de 2019
  • Dezembro de 2018
  • Novembro de 2018
  • Outubro de 2018
  • Setembro de 2018
  • Agosto de 2018
  • Julho de 2018
  • Junho de 2018
  • Maio de 2018
  • Abril de 2018
  • Mar�o de 2018
  • Fevereiro de 2018
  • Janeiro de 2018
  • Dezembro de 2017
  • Novembro de 2017
  • Outubro de 2017
  • Setembro de 2017
  • Agosto de 2017
  • Julho de 2017
  • Junho de 2017
  • Maio de 2017
  • Abril de 2017
  • Mar�o de 2017
  • Fevereiro de 2017
  • Janeiro de 2017
  • Dezembro de 2016
  • Novembro de 2016
  • Outubro de 2016
  • Setembro de 2016
  • Agosto de 2016
  • Julho de 2016
  • Junho de 2016
  • Maio de 2016
  • Abril de 2016
  • Mar�o de 2016
  • Fevereiro de 2016
  • Janeiro de 2016
  • Dezembro de 2015
  • Novembro de 2015
  • Outubro de 2015
  • Setembro de 2015
  • Agosto de 2015
  • Julho de 2015
  • Junho de 2015
  • Maio de 2015
  • Abril de 2015
  • Mar�o de 2015
  • Fevereiro de 2015
  • Janeiro de 2015
  • Dezembro de 2014
  • Novembro de 2014
  • Outubro de 2014
  • Setembro de 2014
  • Agosto de 2014
  • Julho de 2014
  • Junho de 2014
  • Maio de 2014
  • Abril de 2014
  • Mar�o de 2014
  • Fevereiro de 2014
  • Janeiro de 2014
  • Dezembro de 2013
  • Novembro de 2013
  • Outubro de 2013
  • Setembro de 2013
  • Agosto de 2013
  • Julho de 2013
  • Junho de 2013
  • Maio de 2013
  • Abril de 2013
  • Mar�o de 2013
  • Fevereiro de 2013
  • Janeiro de 2013
  • Dezembro de 2012
  • Novembro de 2012
  • Outubro de 2012
  • Setembro de 2012
  • Agosto de 2012
  • Julho de 2012
  • Junho de 2012
  • Maio de 2012
  • Abril de 2012
  • Mar�o de 2012
  • Fevereiro de 2012
  • Janeiro de 2012
  • Dezembro de 2011
  • Novembro de 2011
  • Outubro de 2011
  • Setembro de 2011
  • Maio de 2011
  • Mar�o de 2011
  • Agosto de 2010
  • Janeiro de 2006
  • Dezembro de 0
  • Publicidade