×

Roger analisa caracterÝstica dos contratados e fala sobre


Roger analisa caracterÝstica dos contratados e fala sobre

Em preparação para a Copa do Nordeste, que começa para o Bahia no dia 25 de janeiro, contra o Santa Cruz, o técnico Roger Machado trabalha para adaptar os novos reforços à base do elenco que permaneceu para a temporada 2020. O treinador tricolor já deixou claro que, além de uma equipe forte nas transições rápidas, quer poder alternar momentos de posse de bola, por isso jogadores com esse perfil foram contratados, caso do meia Daniel.

Em entrevista à rádio do clube na noite da última quinta-feira, Roger falou sobre as características desse “novo” Bahia. Além de Daniel, ele destacou as chegadas de Clayson e Rossi, que se destacaram no Corinthians e Vasco, respectivamente, pelo número de assistências.

- O objetivo e análise do fim da temporada passada é que fizemos uma boa temporada com um viés de queda no final em função do desgaste e do nível da competição, que é muito exigente. Brigamos pela Libertadores até o final, nunca tivemos contato com a parte final da tabela. Conseguimos montar um modelo forte, marcação ajustada e velocidade pelas pontas. Em alguns momentos, quando encontrávamos equipes fechadas, precisávamos de mais controle, demonstramos deficiência, dificuldade. A leitura é que deveríamos alternar entre esse jogo de transição e controle pela posse, contratando jogadores com mais destreza com a bola. Dar essa característica sem perder a agressividade. O tripé do meio forte, pronto para roubar a bola, linha defensiva segura. As contratações foram nessa linha. Deixar o time mais leve, mais técnico, com jogadores mais móveis, sem perder nossas principais virtudes construídas no passado – afirmou.

Daniel foi um dos melhores passadores do campeonato. Gregore também. Rossi e Clayson como assistentes. Para ter mais controle pela posse e conseguir gerar mais oportunidade de gol. Tivemos uma eficiência grande ano passado, com Gilberto, Fernandão, Artur e Élber. Mas precisamos gerar mais oportunidades para sobrepor eficiência com número de oportunidades criadas.

Uma posição que foi completamente remodelada foi a lateral esquerda, com as saídas de Giovani e Moisés. Para seus lugares, foram contratados Zeca e Juninho Capixaba, que já treinam com o elenco.

- Mudamos um setor inteiro, com suplente. Temos dois laterais, um atacante novo. Será nosso desafio, o entrosamento. Juninho tem capacidade de ataque grande, Zeca também, deixam o time mais leve. Quando pressionados, podemos sair com mais destreza. Esse começo é de trabalho mais físico, mas quando se tem uma base do ano anterior facilita bastante – disse.

Roger Machado também explicou como vai funcionar o processo de integração entre a equipe principal, treinada por ele, e o time de transição, de responsabilidade de Dado Cavalcanti.

- A partir dessa semana, o que a gente definiu é que sempre que possível, o calendário nesse primeiro momento é apertado, é que o time de transição, que treina no mesmo turno que a gente, quando necessário, consiga fazer um fluxo de jogadores. Para compor nosso grupo e na direção inversa também. Quando na necessidade de jogos do Baiano, Dado pode solicitar alguns jogadores para ter um time forte nessa competição, que é o Baiano, que é importante para a gente. Fiz questão de que o sub-23 estivesse ligado ao profissional para ter fluxo de informações e para conhecer os atletas na sua mais íntima característica com relação ao jogo. Uma coisa é trabalhar diariamente, jogar contra, o dia a dia é que dá noção de onde precisa evoluir. Objetivo é está muito próximo, fazer fluxo de acesso e informações dos jogadores que se destacarem – afirmou.

A equipe de transição estreia na temporada no dia 22 de janeiro, próxima quarta-feira, diante do Juazeirense, em Juazeiro.

Confira outros trechos da coletiva de Roger Machado.

CT
Era uma dúvida que todos nós tínhamos. Longo processo de espera, tive no CT por duas ou três vezes, as obras sempre estiveram a todo vapor. Tinha muito trabalho a ser feito. A gente chegou a se questionar se estaria pronto para iniciar a temporada. Mas os 50 dias seguintes foram de muito trabalho. Aproveito para dar parabéns a todos que estiveram envolvidos na finalização. Estamos na metade de janeiro, está tudo bonito. Tivemos a inauguração para o torcedor, temos instalações de primeiro nível, campos que nos permitem trabalhar bem. Isso tudo joga reponsabilidade para o trabalho. Porém, é um passo importante para a trajetória e crescimento do clube. Colocando entre os cinco CTs do Brasil, em páreo com muitos CTs da Europa.

Meias
Sobre o meia, nessa estrutura que montamos, um meia articulador sempre é bem-vindo. Porém, o que procuro sempre nessa posição, é que possa agregar capacidade defensiva importante, para não perder a competitividade que adquirimos no ano passado. Clube está sempre aberto ao mercado. Conseguimos vencer algumas disputas com clubes importantes. Nessa posição específica é rara, posição que quem tem não quer largar. Os modelos de jogo têm se alternado um pouco entre 4-3-3, 4-4-2. Temos no grupo jogadores que podem fazer essa função. O Daniel, Arthur Rezende, que joga nessa posição, meia de origem. Esses meias estão sendo deslocados e sendo trazidos para trás. Antigamente colocávamos os melhores jogadores para a frente. Hoje, a gente começa a trazer os bons para trás. Os bons meias se transformaram em segundo ou terceiro homem do meio. Os espaços estão cada vez menores, as pressões no campo de ataque cada vez maiores, precisa de um jogador com maior destreza para jogar. Jogadores com dinâmica, mas com qualidade também. Estamos abertos ao mercado, mas temos que enxergar essa posição de forma diferente.

Time
Se a gente tira os primeiros dias, tivemos bola na quarta-feira da semana passada. Tivemos oito dias entre um turno e dois turnos de trabalho. Muito desgastante fisicamente. A musculatura sofre bastante. Os campos novos exigem adaptação ao solo. Temos que ficar de olho nisso para não perder jogador. Quando necessário, tira o jogador do treino. A ênfase nesse momento é na parte física. Estamos fazendo um polimento, modificando algumas coisas em função das características dos jogadores que chegaram. Tenho um time base na cabeça, mas é o primeiro momento. Temos que exercitar. Se não acontecer, temos que buscar alternativas. Hoje foi o primeiro amistoso, não desmerecemos o resultado, mas tivemos uma semana desgastante. Muita coisa boa aconteceu, outra deteremos que corrigir. O entrosamento do lado esquerdo temos que acelerar para ter o mesmo nível do lado direito.

Bola parada
Contratamos também, além dos jogadores assistentes, jogadores de bola parada, Clayson cobra escanteios. Alternamos os batedores de escanteio. Não tínhamos um exímio cobrador de escanteio. Clayson é uma bola pesada, mas com direção. Trabalhamos isso na pré-temporada, pode ser decisivo em jogo apertado. Batedores de falta no jogo, Arthur Caíke saía do banco, agora também temos o Clayson. Questões importantes que trabalhamos para tornar o time competitivo e com mais qualidade.

Competições
O mês de fevereiro é decisivo. Tem jogos eliminatórios da Copa do Brasil e Sul-Americana, a Copa do Nordeste, o Baiano que, em primeiro momento, será colocado a transição. Tenho certeza de que dará conta do começo ao final. O torcedor gosta de vencer todas as competições. Nós vemos essas competições de primeiro semestre com muito desejo de vencer. Joguei muitas competições eliminatórias. No tempo que não tinham peso financeiro, mas tinha peso de garantir vaga em competição maior. Nos dias de hoje, quando cada centavo e cada passagem de fase agrega, além da questão emocional, é importante financeiramente. Sabemos da importância desse momento e trabalhando duro para elevar o nível do time para disputar e ganhar essas competições. Vou aprender a jogar a Copa do Nordeste. Pelo ambiente, já percebi que é muito importante para o clube. O torcedor deseja muito ganhar. Fala da competição, que é importante, que gostaria de levantar o título. A Sul-Americana é um caminho para projetar o clube em patamar internacional. Temos o exemplo de equipes como o Athletico, que venceu e agregou na marca, na paixão do torcedor. O torcedor pode ficar tranquilo sobre a consciência do momento e na vontade de marcar história com conquistas relevantes.

Autor: ,postado em 17/01/2020


Comentários

Não há comentários para essa notícia

Mande uma Resposta

Arquivos

  • Janeiro de 2020
  • Dezembro de 2019
  • Novembro de 2019
  • Outubro de 2019
  • Setembro de 2019
  • Agosto de 2019
  • Julho de 2019
  • Junho de 2019
  • Maio de 2019
  • Abril de 2019
  • Mar´┐Żo de 2019
  • Fevereiro de 2019
  • Janeiro de 2019
  • Dezembro de 2018
  • Novembro de 2018
  • Outubro de 2018
  • Setembro de 2018
  • Agosto de 2018
  • Julho de 2018
  • Junho de 2018
  • Maio de 2018
  • Abril de 2018
  • Mar´┐Żo de 2018
  • Fevereiro de 2018
  • Janeiro de 2018
  • Dezembro de 2017
  • Novembro de 2017
  • Outubro de 2017
  • Setembro de 2017
  • Agosto de 2017
  • Julho de 2017
  • Junho de 2017
  • Maio de 2017
  • Abril de 2017
  • Mar´┐Żo de 2017
  • Fevereiro de 2017
  • Janeiro de 2017
  • Dezembro de 2016
  • Novembro de 2016
  • Outubro de 2016
  • Setembro de 2016
  • Agosto de 2016
  • Julho de 2016
  • Junho de 2016
  • Maio de 2016
  • Abril de 2016
  • Mar´┐Żo de 2016
  • Fevereiro de 2016
  • Janeiro de 2016
  • Dezembro de 2015
  • Novembro de 2015
  • Outubro de 2015
  • Setembro de 2015
  • Agosto de 2015
  • Julho de 2015
  • Junho de 2015
  • Maio de 2015
  • Abril de 2015
  • Mar´┐Żo de 2015
  • Fevereiro de 2015
  • Janeiro de 2015
  • Dezembro de 2014
  • Novembro de 2014
  • Outubro de 2014
  • Setembro de 2014
  • Agosto de 2014
  • Julho de 2014
  • Junho de 2014
  • Maio de 2014
  • Abril de 2014
  • Mar´┐Żo de 2014
  • Fevereiro de 2014
  • Janeiro de 2014
  • Dezembro de 2013
  • Novembro de 2013
  • Outubro de 2013
  • Setembro de 2013
  • Agosto de 2013
  • Julho de 2013
  • Junho de 2013
  • Maio de 2013
  • Abril de 2013
  • Mar´┐Żo de 2013
  • Fevereiro de 2013
  • Janeiro de 2013
  • Dezembro de 2012
  • Novembro de 2012
  • Outubro de 2012
  • Setembro de 2012
  • Agosto de 2012
  • Julho de 2012
  • Junho de 2012
  • Maio de 2012
  • Abril de 2012
  • Mar´┐Żo de 2012
  • Fevereiro de 2012
  • Janeiro de 2012
  • Dezembro de 2011
  • Novembro de 2011
  • Outubro de 2011
  • Setembro de 2011
  • Maio de 2011
  • Mar´┐Żo de 2011
  • Agosto de 2010
  • Janeiro de 2006
  • Dezembro de 0
  • Publicidade